Data

21 Set 2018



Fonte

Jornal Público





Partilhar
Partilhar no Facebook Partilhar no Twitter



Ordem dos Médicos do Norte acusa ministro de não cumprir com Infarmed - Público

Ministro da Saúde disse que "o contexto político mudou significativamente" em relação há um ano, quando a decisão de mudar o Infarmed para o Porto foi tomada. Decisão está agora nas mãos do Parlamento, o que a Ordem dos Médicos do Norte contesta.

Conselho Regional do Norte da Ordem dos Médicos acusou nesta sexta-feira o ministro da Saúde de "afirmar coisas que no futuro não cumpre", criticando o envio para Comissão na Assembleia da República da decisão sobre a transferência do Infarmed. 

"Mais uma vez o senhor ministro afirmou coisas que no futuro não cumpre, nem tem intenção de cumprir, e isto é algo de grave porque criou expectativas numa região e obrigou a mobilizar meios e estruturas de forma a realizarem estudos para verificarem que, realmente, era possível, exequível e interessante trazer o Infarmed para o Porto", salientou o presidente do Conselho Regional. 

Reagindo às declarações do ministro da Saúde aos deputados na Assembleia da República, António Araújo ver agora "com muita dificuldade a deslocalização de Lisboa para o Porto do Infarmed".

 

Poderá consultar a notícia completa no seguinte endereço