Data

25 Out 2018



Fonte

Jornal de Notícias





Partilhar
Partilhar no Facebook Partilhar no Twitter



"No SNS…salve-se quem puder" - Artigo de opinião do Prof. Dr. António Araújo

O SNS foi criado para cuidar da saúde dos cidadãos. Para além destes, que serve, o SNS está assente em três pilares fundamentais e estruturantes - as unidades de saúde, os equipamentos e os recursos humanos (RH). Todo este quadro é complementado por uma série de interesses, pessoais, profissionais e empresariais, e regulamentado ou regulado por um conjunto legislativo altamente complexo e evolutivo.

Por todos estes motivos, o ministro da Saúde tem que apresentar um caráter forte, com uma visão abrangente do SNS e com uma antecipada estratégia/política coerente e percetível, que consiga dar resposta aos anseios dos cidadãos e dos profissionais de saúde, que saiba escolher os mais capazes para liderar as instituições, que consiga dotar o SNS com os meios financeiros e os equipamentos que necessita. Na prática quotidiana, para lá das palavras ocas dos políticos, o SNS tem sido subfinanciado cronicamente, o que resulta num parco investimento na reorganização e modernização das unidades de saúde, no apetrechamento e atualização dos equipamentos e, de uma forma mais preocupante, na contratação dos RH necessários e adequados.

 

Poderá consultar a notícia completa no seguinte endereço