Data

15 Dez 2017



Fonte

Diário de Notícias





Partilhar
Partilhar no Facebook Partilhar no Twitter



Nomes para administração da Entidade Reguladora Saúde não incluem médicos - Ordem - Diário de Notícias

O presidente da Secção Regional do Norte da Ordem dos Médicos, António Araújo, criticou hoje o facto de os nomes propostos para a administração da Entidade Reguladora da Saúde (ERS) não incluírem um representante da classe médica.

"Gostaríamos de perguntar ao senhor ministro se isto é verdade, porque a ser verdade é grave", disse António Araújo, referindo que "os nomes dos dois vogais para o Conselho de Administração da ERS estão em discussão na Assembleia da República".
Em declarações à Lusa, o presidente da Ordem dos Médicos/Norte afirmou que "é a primeira vez que a entidade que regula o setor da saúde não tem um representante dos profissionais de saúde, nomeadamente um médico, e é grave que tal aconteça na vigência de um ministro que é médico".
"No fundo é como ter um conselho de administração de uma unidade de saúde sem ter um diretor clínico", sublinhou.
Lembrou que a presidente da ERS, nomeada em junho de 2016, "não é médica e agora, dos dois nomes que estão em discussão para vogais, nenhum é médico".

 

Poderá consultar a notícia completa no seguinte endereço.